Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
No Beira-Rio, Grêmio é superior e vence clássico Gre-Nal 427
24/09/2020 08:20 em Esportes

Noite de clássico é sinônimo de uma noite repleta de emoções. Jogando fora de casa, no Beira-Rio, o Grêmio entrou em campo para enfrentar o seu maior rival, o Internacional, em partida válida pela 4ª rodada da fase de grupos da Conmebol Libertadores. E confirmou a sua invencibilidade em clássicos ao vencer o time colorado pelo placar de 1 a 0, e atingir a marca de dez jogos sem sofrer uma derrota, o que já soma dois anos. O gol foi assinalado por Pepê, aos 28 minutos da etapa complementar.

Mantendo a mesma ideia da última partida, com três volantes, o técnico Renato Portaluppi escalou sua equipe com Vanderlei, Orejuela, Rodrigues, Kannemann, Bruno Cortez, Lucas Silva, Matheus Henrique, Alisson, Pepê e Diego Souza. A novidade ficou por conta do retorno de Pepê e Kannemann, após tratamento de lesão.

Os 45 minutos iniciais foram de equilíbrio na partida, mas foi o Grêmio quem tomou as primeiras iniciativas. Logo aos 3 minutos, Darlan acionou Bruno Cortez na esquerda, que tentou centrar a jogada na área, mas a defesa colorada tirou para escanteio. Quatro minutos depois, foi a vez de Lucas Silva servir Orejuela na direita. O lateral colocou na área para Alisson, que finalizou de primeira, mas a bola passou à esquerda da meta colorada e bateu na rede, pelo lado de fora. 

Já os adversários chegaram pela primeira vez passados 10 minutos, com um cruzamento de Marcos Guilherme da direita, no segundo poste - a defesa tricolor afastou. Outra oportunidade surgiu aos 15’, em bola parada. Boschilia cobrou uma falta da intermediária, colocou na segunda trave para Cuesta, mas marcado por Kannemann, não conseguiu completar a gol e a bola se perdeu pela linha de fundo.

O Tricolor tentou seguir no ataque e pressionar os donos da casa. Com 23’ jogados, Pepê fez um giro sobra a marcação, avançou em velocidade, passando por dois marcadores e abriu na esquerda para Cortez - o lateral foi a linha de fundo e cruzou, mas a bola acabou saindo. Na sequência, Orejuela fez boa jogada, mas acabou dividindo com a marcação e a bola sobrou para Alisson, que entrou pela direita e cruzou na área, mas a defesa colorada fez o corte.

A melhor chance gremista saiu aos 27’, com mais uma linda jogada individual de Pepê na esquerda, que deu um drible em Saravia e rolou para Alisson. O atacante chutou forte, buscando o ângulo esquerdo, mas a bola passou por sobre a meta.

Do outro lado, aos 35’, o Inter chegou bem com Marcos Guilherme, que conseguiu colocar a bola na área para Thiago Galhardo desviar de cabeça, mas o atacante pegou fraco e Vanderlei conseguiu a defesa com tranquilidade. Logo em seguida, depois de uma falha na defesa tricolor, Rodrigues deu um carrinho buscando afastar a bola e Galhardo acabou caindo dentro da área, mas lance era normal.

Na reta final da etapa inicial, mais uma chance gremista. Desta vez, após uma cobrança lateral, a bola chegou para Orejuela que soltou a bomba, mandando com perigo em direção a meta, mas por cima.

No segundo tempo, o Grêmio aliviou um pouco mais a marcação e diminuiu o ritmo de jogo, tanto que quem fez as primeiras investidas no ataque foi o Internacional. Depois de um cruzamento na área, da direita, Thiago Galhardo tentou completar de bicicleta, mas mandou por sobre a meta. Aos 12’, os colorados tiveram uma grande chance de abrir o marcador, quando Boschilia colocou no segundo poste para mais uma vez Galhardo aparecer e concluir, obrigando Vanderlei a fazer uma grande defesa, salvando o Tricolor.

O Grêmio tentou responder aos ataques com um cruzamento de Orejuela na direita. O lateral invadiu a área e optou pelo cruzamento, mas ninguém chegou na área para completar - a bola ficou com a defesa adversária, passados 17 minutos.

O Tricolor teve uma nova oportunidade em falta da meia esquerda - Alisson cobrou, mandando fechado, direto para a meta colorada. Lomba defendeu com segurança. E outra ótima chance saiu logo na sequência, quando Diego Souza deu um lindo passe para Pepê, sozinho na direita. O atacante avançou, esperou a saída do goleiro colorado e tentou finalizar por cima, mas a bola saiu à direita do gol.

Passados 27 minutos, Alisson fez uma boa jogada individual, foi pra cima da marcação, invadiu a área e chutou cruzado. Por detalhe a bola não entrou, passando rente a trave direita. 

Mas foi no lance seguinte, dos pés de Pepê, que saiu o gol gremista. O atacante recebeu na meia esquerda, procurou o canto esquerdo da meta defendida por Marcelo Lomba e foi lá que colocou - mandou para o fundo das redes, com qualidade, aos 28’.

O Inter tentou responder com uma bicicleta de Abel, mas Vanderlei operou um milagre, impedindo o gol de empate. O Grêmio não ficou atrás e já no lance seguinte ameaçou novamente. Alisson recebeu um bom passe de Orejuela e cruzou rasteiro na área. Lomba desviou e aliviar o ataque gremista.

Na reta final da partida, aos 44’, D’Alessandro concluiu a gol, mas mandou pra fora, à esquerda do gol. Nos acréscimos, Gui Azevedo puxou o contra-ataque e serviu Orejuela. O lateral driblou Jussa e chutou, mas a bola desvou, saindo a linha de fundo.

Com o resultado positivo, o Grêmio chega a sete pontos na tabela da competição e ocupa a segunda posição. Segue invicto há dois anos, sem sofrer derrotas em clássicos. Com a vitória desta noite, atinge dez jogos sem perder.


Fotos: Lucas Uebel | Grêmio FBPA

Fonte: Grêmio

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!